Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Áudios

POEMA DA REPARAÇÃO
Data: 12/01/2007
Créditos:
na voz da autora


POEMA DA REPARAÇÃO


para o massacre com a bola de ferro
no pó... se caminha...
com a energia curativa das lágrimas da fênix
que ressurgirão sempre na estrada das cinzas

para o corte a cicatriz
para a navalha a ferrugem
para a torpeza a honestidade
para a hecatombe o reerguimento
para o destroçar a reconstrução
para a queimadura a pomada e a plástica
para a execução da falsa sentença a tolerância
para a sufocação goles do novo ar
para o envenenamento o antídoto
para a hipocrisia o desmascaramento

para o afogamento a ressuscit_ação
para o suícidio o renascimento
cacos do mosaico são restos do passado
(re)arrastados

o peso da angústia em blocos
a caída do muro de Berlim 
                             força morta 
                                      tombada

há torres que balançam
mas dificilmente caem

Rosangela_Aliberti
São Paulo, 01.I.07
Foto da Torre de Piza
de origem desconhecida
 


“Nem tudo é 'Disney' quando as imagens entram na carne, nos ossos... o conteúdo das palavras também pode doer tanto quanto 'o estar' com reumatismo, conforme a subjetividade de quem o lê.”(Rosangela_Aliberti)




Enviado por Rosangela Aliberti em 01/01/2007



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras