Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Áudios

CONSOLAÇÃO
Data: 26/07/2007
Créditos:
na voz da autora.


CONSOLAÇÃO

nos avanços e retrocessos dos ponteiros
a poesia está fora das palavras e dos sebos
está fora dos embrulhos dos dedos
nos cadernos e nos teclados
a poesia está fora dos riscos de giz
dos quadros verdes ou negros

ver só o que é feio cansa!
no leito das horas a beleza descansa
os tons nem sempre são neutros

nos retrocessos e nos avanços dos relógios
a  poesia está fora das pautas das estrelas e das camisetas
a poesia está fora dos pés das mesas dos joelhos e das estradas
a poesia está fora da areia da tinta e das paredes
a poesia está fora das costas das árvores e dos caixotes
...fora de qualquer papel descoberto pelos chineses


Rosangela_Aliberti
São Paulo, 26.VII.07
Arte recolhida da net
por Renata Nikolopoulos

Enviado por Rosangela Aliberti em 26/07/2007



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras