Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Textos


RESPOSTA À UM GRITO

Modelitos de fantasias não se confundem
com os trapos da realidade

Não se confundem os heróis nos quadrinhos
ao se tentar comparar ao super-homem
Nietzsche fora tão homem – relativamente imperfeito
quanto os que assinaram as escrituras Apócrifas...

Não se confundem os sons dos tapas das novelas
lamentáveis... são as sombras dos dedos
da mão dos artistas sobre o rosto de uma mulher real

Espinhos são (in)confundíveis
existem poetas que distribuem farpas
ao invés de jogar pétalas de rosas pelos caminhos...
aos sons das harpas e os gritos das harpias

Não se confundem os pedidos de socorros
- Como se pode confiar em todos os peixes vivos
freqüentadores de Floriculturas... ? 

São Paulo, 29.III.06
Foto de origem desconhecida
 

Rosangela Aliberti
Enviado por Rosangela Aliberti em 29/03/2006


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras