Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Textos


== Falsas Atribuições == Pablo Neruda
 
* "A pessoa certa é a que está ao seu lado nos momentos incertos." [Não é de Pablo Neruda] Fonte: Fundacíon Pablo Neruda.
 
"A poesia não é de quem a escreve, mas sim de quem a usa!", citado por SKÁRMETA, ANTONIO, in: O Carteiro de Pablo Neruda (Ardente Paciência), Editorial Teorema, 1986, p. 87. (OBS: a frase é citada no filme O carteiro e o Poeta pela personagem Mario Ruoppolo a Neruda) 

*"Ao escolher com sabedoria viver sua vida com otimismo, seu coração sorri, seus olhos brilham e a humanidade agradece por você existir." (Autor Desconhecido)

"Algum dia, em algum lugar - em qualquer lugar, infalivelmente, você vai encontrar-se, e aquilo, e só isso, pode ser a hora mais feliz ou mais amargo da sua vida." [carece de fontes]

* "Deixe a vida fazer com você. O que a primavera faz com as flores." [carece de fontes]
 
* "Dois.../Apenas dois./Dois seres.../Dois objetos patéticos./Cursos paralelos/Frente a frente...(...) favor não repassar como sendo de Neruda. '''Nota:''' A palavra patéticos só foi usada uma única vez em seus poemas,em Canto General, IV-Los Libertadores, XXX-Toussaint L'Ouverture.
 
* "É urgente o amor./É urgente um barco no mar./É urgente destruir certas palavras,/ ódio, solidão e crueldade,(...) Eugénio de Andrade (favor não repassar como se fosse de Neruda)

"Eres el resultado de ti mismo" =  Autor Desconhecido/Anônimo
 
* "Fazer amor é/ Quando põe as mãos em seu ombro,/frente a cama de seu filho e lhe diz:/"não se preocupe, te amo"./ Quando vêm juntos o pôr do sol, e com cada amanhecer sentem renovado esse amor que nasceu com um "te amo".(...) (Autor Desconhecido)
 
* "Fica Proibido" é o poema "Queda Prohibido" de Alfredo Cuervo Barrero, com registro de propriedade/vizcaya: Número de inscripción BI -13- 03, publicado pela primeira vez na internet em 23 de julho 2001 
 
* "Homenagem as Mulheres/ Elas sorriem quando querem gritar./Elas cantam quando querem chorar./Elas choram quando estão felizes./ E riem quando estão nervosas.(...) é de Autoria Desconhecida. O que foi escrito por Neruda: Homenaje de Pablo Neruda a la Mujer. ''Con motivo de la celebración del Día Internacional de la Mujer, la Fundación Pablo Neruda quiere compartir un poema que Neruda leyó en el Primer Congreso Latinoamericano de Mujeres, organizado en Santiago de Chile en 1959.'' Mujer/Antes del hombre, la mujer, la madre,/durante el hombre, la mujer, la esposa,/después del hombre, la mujer, la sombra.(...)

* Me apaixonei pela vida/ É a única que não me deixará sem que eu o faça antes. [Em busca da autoria]
 
* “Me encante” não é de Pablo Neruda. Autora: Silvana Duboc. 
 
* "Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito; repetindo todos os dias os mesmos trajetos." 
::- ''Muere lentamente quien se transforma en esclavo del hábito, repitiendo todos los días los mismos trayectos''
:::- ''texto de Martha Medeiros, com frequencia atribuído a Pablo Neruda, conforme apontado pelo jornal [http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,falso-poema-atribuido-a-neruda-e-da-brasileira-martha-medeiros,306181,0.htm Estadão]''
 
* "O pensamento tem poder infinito. Ele mexe com o destino, acompanha a sua vontade. Ao esperar o melhor, você cria uma expectativa positiva que detona o processo de vitória. Ser otimista é ser perseverante, é ter uma fé inabalável e uma certeza sem limites de que tudo vai dar certo. Ao nascer o sentimento de entusiasmo, o universo aplaude tal iniciativa e conspira a seu favor, colocando-o a serviço da humanidade. Você é quem escreve a história de sua vida - ao optar pelas atitudes construtivas - você cresce como ser humano e filho dileto de DEUS. Positivo atrai positivo. Alegria chama alegria. Ao exalar esse estado otimista, nossa consciência desperta energias vitais que vão trabalhar na direção de suas metas. Seja incansavelmente otimista. Faz bem para o corpo, para a mente e para a alma. É humano e natural viver aflições, só não é inteligente conviver com elas por muito tempo. Seja mais paciente consigo mesmo, saiba entender suas limitações. Sem esforço não existe vitória. Ao escolher com sabedoria viver sua vida com otimismo, seu coração sorri, seus olhos brilham e a humanidade agradece por você existir." Não consta no acervo do autor em questão [AUTOR DESCONHECIDO]
 

* "Os poetas odeiam o ódio e fazem guerra a guerra" [carece de fontes]

* "Podran cortar todas las flores pero nunca terminaran con la primavera."/ “Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera” (Frase atribuída a Neruda e a Lino J. Somavilla) [carece de fontes bibliográficas]

* "POEMA 20 - Pablo Neruda (...) Amar é breve, esquecer é demorado // Es tan corto el amor, y es tan largo el olvido.
 
* "Quero/ Quero apenas cinco coisas.../Primeiro é o amor sem fim.../ A segunda é ver o outono.../A terceira é o grave inverno.../ Em quarto lugar o verão.../A quinta coisa são teus olhos.../ Não quero dormir sem teus olhos./ Não quero ser... sem que me olhes./ Abro mão da primavera para que continues me olhando." (trechos, PIDO SILENCIO, escrito por Pablo Neruda, procurar ler original)
 
* “Se” e/ou '''“Se não puderes ser um pinheiro”'''  Se não puderes ser um pinheiro/ no topo da colina, sê um Arbusto (...) Vem sendo divulgado com o título “SE” não é de Pablo Neruda! Como também vem sendo repassado c/ outro título: "Se não puderes ser um pinheiro" por Paulo André Neves  In: POEMAS SOL TOS. Com nota que poderá ser lida na net: “POEMAS SOL TOS” é um livro de poesia resultado de concurso promovido pelas bibliotecas escolares e centros de recursos educativos de oito escolas do concelho de Gondomar (do Distrito de Porto, em Portugal) cujo objetivo é estimular a produção escrita e estimular o aparecimento de novos talentos literários. (No entanto o poema é de '''Douglas Malloch''' basta ler a primeira estrofe e a última de: Be the Best of Whaterver You Are)"
 
* "Se nada nos salva da morte, pelo menos que o amor nos salve da vida. = Trecho (...) si nada nos libra de la muerte,/al menos que el amor nos salve de la vida.  Autor:  Javier Velaza, in: Los arrancados
 
* "Se sou amado, quanto mais amado mais correspondo ao amor. Se sou esquecido, devo esquecer também ... Pois amor é feito espelho: - tem que ter reflexo." [nada consta do referido autor]
 
* ''"Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já... Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida... Saudade é sentir que existe o que não existe mais... Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam. Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: aquela que nunca amou. E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir saudade, passar pela vida e não viver. O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido. E disso, meus amigos, eu não posso ser acusado: vivi, sofri, me apaixonei por tudo o que a vida me ofereceu!... Confesso que vivi!'' - '''Não é de Pablo Neruda''', é a fala do personagem Poeta Afonso Henriques, na novela Fera Ferida escrita por: '''Aguinaldo Silva''', Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn. 
 

 

 

* "Te amo - Te amo de una manera inexplicable./De una forma inconfesable./De un modo contradictorio. (...) Gian Franco Pagliaro

* "Um grande livro, escrito por um grande pensador é um navio de pensamentos com o porão carregado de verdade e beleza." [carece de fontes]

* "Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das conseqüências" (não é de Neruda) Fonte: Fundacíon Pablo Neruda
 
* "Vive cada día como si fuera el ultimo de tu vida. Algún día acertaras..." [Anônimo] "Vivo cada dia como se fosse cada dia, nem o último, nem o primeiro simplesmente o único."

* Vivo para florescer
Outros jardins e sem
perceber, o meu se abarrota
de rosas e manacás. 
Vivo cada dia como
se fosse cada dia. 
Nem o último nem
o primeiro - o único
[desconheço o autor]

OBS: Compilação retirada do fórum da comunidade: Afinal, quem é o autor? (orkut), também no wikiquote (nacional) Pablo Neruda.
Rosangela Aliberti e Comunidade Afinal quem é o autor? (orkut)
Enviado por Rosangela Aliberti em 28/02/2012
Alterado em 09/07/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras