Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Textos


Borboleta parece flor que o vento tirou pra dançar”
~ O Teatro Mágico
 

............
 
Depressão nas Letras
 
A saudade do primeiro poeta morto
trava;
a saudade do segundo poeta morto
trava;
a saudade do terceiro poeta morto
trava;
a saudade do quarto poeta morto
trava, junto a saudade de muitos outros...
 
Sinto-me paralisada
no meio d’uma frase
quase construída, abortada
no sal das palavras afogadas,
sem mais nenhum Super-herói
ou Diva, para (me) salvar.
 
Na falta do que se foram -
sem visão para os que por aqui andam...
(como eu),
não sei se ainda terei partes
destes poetas contidas
em versos meus.
 
Acompanhar a trajetória
de pontas de rosas-dos-ventos
é como se perder em... oceanos.
 
......................
 

Depressão nas Letras II
 
Existem vezes que ao nos sentirmos muito fracos as cicatrizes reabrem; são daquelas que se parecem com nuvens de pedra, que ao serem tocadas, não se dissolvem... formam mais uma e depois outra e mais outra...
 
......................

Depressão nas Letras III
 
Sapateados infantis
tem sempre passos falsos
ocos descompassados
e
nos sorrisos disfarçados
da platéia há olhares
para todos os gostos.
 
......................

Depressão nas Letras IV
 
Há faltas que são como se a gente estivesse num Ensaio com um professor, e de repente de um dia para outro descobríssemos que nunca mais poderíamos dançar com ele, sendo que o restante da coreografia agora está em nossas mãos.
 
......................
 

Depressão nas Letras V
 
Sem laboratório de Letras, sem templo de Delphos, sem mago, nem semideuses... sentada sobre um  tablado que precisa ser reconstruído... olhando pares de sapatilhas gastas, com uma saudade rasgada, escarrada e um tanto cuspida.
 
rosangela aliberti
Atibaia, abr/2014


*
 
Depressão nas Letras VI


no meio do drama
a gente só se afunda
em muita grama

rosangela aliberti
Atibaia, mai/2014
Rosangela Aliberti
Enviado por Rosangela Aliberti em 02/04/2014
Alterado em 30/05/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras