Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Áudios

Poeminha laranja-lima com morangos
Data: 23/09/2006
Créditos:
na voz da autora


Poeminha laranja-lima com morangos

Já que não sirvo prá escrever
vou ser Musa
vou parar na posição dinâmica
na observação
do ovacionar e do aplaudir 

Já que nada sai daqui...
vou fazer da tua vida um inferno
vou te dar O troco
te jogar nos quintos
e quem sabe
pedir prá algum Bom Padre
passar por lá ...para um dia te abençoar

Já que não sirvo prá escrever
vou descascar o verbo
vou imprimir  planfletos poéticos perfumados
vou sapatear... em cima dos gomos 
quem sabe tu acordas 
ao som do cravo
sentindo o cheiro do sumo da casca da laranja

Já que não sirvo para escrever
vou sorrir ao redor das reclamações
não vou esperar por recompensas
vou compreender 'sem exigir' compreensão
- Êta! Sublim_ação...


São Paulo, 22.IX.08 
Foto de origem desconhecida 

Enviado por Rosangela Aliberti em 22/09/2006



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras