Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Meu Diário
29/11/2013 01h34
Tão bom morrer de amor! e continuar vivendo... Mario Quintana in: Baú dos Espantos

 

Conversa Fiada
Mario Quintana

 
Eu gosto de fazer poemas de um único verso.
Até mesmo de uma única palavra
Como quando escrevo o teu nome no meio da página
E fico pensando mais ou menos em ti
Porque penso, também, em tantas coisas... em ninhos.
Não sei por que vazios em meio de uma estrada
Deserta...
Penso em súbitos cometas anunciadores de um Mundo Novo
E - imagina! -
Penso em meus primeiros exercícios de álgebra,
Eu que tanto, tanto os odiava...
Eu que naquele tempo vivia dopando-me em cores, flores,
                                                                             amores,
Nos olhos - flores das menininhas - isso mesmo! O mundo
Era um livro de figuras
Oh! Os meus paladinos, as minhas princesas prisioneiras
                                                       em suas altas torres,
Os meus dragões
Horrendos
Mas tão coloridos...
E - já então - o trovoar dos versos de Camões:
"Que o menor mal de todos seja a morte!"
Ah, prometo àqueles meus professores desiludidos
           que na próxima vida eu vou ser um grande matemático
Porque a matemática é o único pensamento sem dor...
Prometo, prometo, sim... Estou mentindo? Estou!
Tão bom morrer de amor! e continuar vivendo...
 
Mario Quintana 
In: Baú de Espantos

Mario Quintana - Poesia Completa
Editora Nova Aguilar
p. 596-7

 

 

 


Publicado por Rosangela Aliberti em 29/11/2013 às 01h34
 
25/11/2013 17h16
O segredo do fracasso é tentar agradar todo mundo - Filipe Casagrande

O segredo do fracasso é tentar agradar todo mundo

“Eu não sei qual é o segredo do sucesso, mas o segredo do fracasso é tentar agradar todo mundo”, esta frase atribuída ao cantor americano Bill Cosby sempre me chamou muita atenção e, por mais que eu concorde com ele, parece que eu tenho certa dificuldade em colocar na prática.

Sou ariano – sou impulsivo – mesmo assim ajo depois de pensar bastante e nem sempre me saio bem em alguma missão ou ponto de vista que defendo.
Um dos meus defeitos que mais me atrapalha é querer agradar a todo mundo (falando de opinião e formas de tratamento). É impossível, nem preciso usar a famosa frase “Se nem Jesus agradou a todos...”

Não vou dizer aqui os recentes problemas que passei querendo agradar os colegas, amigos e familiares. Costumo escutar as pessoas, cheio da melhor intenção para ajudá-las, mas quando toco num ponto de vista contrário ao delas, acabo me ferrando. Sei também que “de boas intenções o inferno está cheio”,
 mas acho que deve haver mais respeito ao lidar com a divergência de opinião.

Por que os brasileiros odeiam a política? Justamente porque as pessoas partidárias são as piores de conviver. Colocam o seu partido como “Deus” e a oposição de “Capeta”. Ficam tapados, enaltecem a qualidade do seu partido e camuflam as coisas ruins. Quando é com a oposição, funciona o contrário.

Respeitar as opiniões contrárias é bom e eu gosto. Pena que em época de campanha eleitoral isto não é muito perceptível. Isso também ocorre no futebol, religião e justiça. Sim, até na justiça. Quando você acha que todos vão concordar com uma ação favorável ao povo, tem sempre alguém que é contra e questiona o desejo da maioria. E esta pessoa diz que um povo que elege Sarney ou Tiririca não pode ser muito bom das ideias.
Pior é que ela está com a razão e não há como discordar desta opinião. [Filipe Casagrande]

Daqui: http://blogassuntosdiversos.blogspot.com.br/2010/10/o-segredo-do-fracasso-e-tentar-agradar.html

 


Publicado por Rosangela Aliberti em 25/11/2013 às 17h16
 
25/11/2013 15h36
Façamos cada domingo de noite um réveillon (...) Clarice Lispector

"E amanhã é domingo"

Bom domingo para vocês. Segunda-feira é um dia mais difícil porque é sempre a tentativa do começo de vida nova.

Façamos cada domingo de noite um réveillon modesto, pois se meia-noite de domingo não é começo de Ano Novo é começo de semana nova, o que significa fazer planos e fabricar sonhos. Meus planos se resumem, para esta semana nova, em arrumar finalmente meus papéis, já que a governanta eu não vou ter mesmo . Quanto aos sonhos, desculpem, guardo-os para mim, como vocês guardam, com o olhar pensativo, de quem tem direito, os próprios.

8 de Junho de 1968.

Clarice Lispector,

in: "A Descoberta do Mundo", p. 108.


Publicado por Rosangela Aliberti em 25/11/2013 às 15h36
 
17/11/2013 20h40
Um discípulo procurou seu mestre e perguntou

Um discípulo procurou seu mestre e perguntou

Um discípulo procurou seu mestre e perguntou: - Mestre, como posso saber se existe mesmo vida após a morte?

O Mestre olhou para ele e respondeu: - Encontre-me novamente após o sol se pôr.

O discípulo, meio contrariado, esperou algumas horas, ansioso pela resposta. Logo que o sol se pôs, o discípulo voltou à presença do mestre. Assim que o discípulo apareceu, o mestre afirmou:

- Você percebeu o que houve? O sol morreu…

O discípulo ficou sem entender nada. Julgou que se tratava de uma brincadeira do mestre. 

- Como assim mestre? Perguntou o discípulo. O sol não morreu, ele apenas se pôs no horizonte.

O mestre disse: - Exatamente. O mesmo ocorre com todos nós após a morte. Se confiássemos apenas em nossa visão física, nos pareceria que o sol deixou de existir atrás da montanha. Mas no instante em que ele “morreu” no horizonte para nós, ele nasceu do outro lado do mundo, e se tornou visível para outras pessoas. O mesmo princípio rege a nossa alma. Após a morte do corpo, ela parece desaparecer aos nossos olhos, mas nasce no plano espiritual. A chama do espírito não se apaga, ela apenas passa a brilhar no outro lado da vida. (Hugo Lapa)

(imagem: Pinterest)


Publicado por Rosangela Aliberti em 17/11/2013 às 20h40
 
16/11/2013 18h00
Viver ou Apenas Existir? - Mario César G. F. Junior

Viver ou Apenas Existir?

Tem gente que apenas existe, mas não sabe viver

Tem gente que ri, mas o coração quer chorar

Tem gente que chora, mas nem sempre são lágrimas de alegria 

Tem gente que corre, mas nem sempre acompanha o ritmo da caminhada

Tem gente que olha, mas nem sempre vê a vida com bons olhos

Tem gente que tem prazer, mas nem sempre vive o amor

Tem gente que se recolhe, mas nem sempre é para descansar

Tem gente que constrói a casa sobre a areia, mas logo o mar a leva

Tem gente que conquista, mas nem sempre o que era seu

Tem gente que agride, mas a mágoa não vai embora 

Tem gente que luta, mas nem sempre nas suas batalhas

Mas quem busca sempre acha 

Quem espera sempre alcança

Quem planta a semente sob a terra fértil, terá bons frutos

Quem corre no ritmo da vida atenciosamente, alcançará a felicidade até nos pequenos detalhes 

Quem planta amor, nunca se arrependerá do passado

Quem cai, mas consegue se erguer, esse é vencedor

Quem enfrenta todas as batalhas de cabeça erguida, vencerá todas as guerras 

Se você perdoa um, pode ter a certeza que ganhou seu dia

E principalmente, quem crê em Deus vencerá todo dia

Lembre-se: 
Viva o amanhã como se fosse um recomeço, do que você falhou no dia de ontem.
Acredite, espere e perceba os pequenos detalhes da vida , para que você quando se deitar, possa dizer "Eu ganhei o meu dia".

Deus te abençoe e bom dia !

(Mario César G. F. Junior) 

(imagem: desconheço a fonte)

Música Indiana http://www.youtube.com/watch?v=t-O4IGG2xdw

 


Publicado por Rosangela Aliberti em 16/11/2013 às 18h00



Página 20 de 784 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras