Rosangela_Aliberti

"Se a Arte tocar em algum ponto do homem é sinal que alcançou seu objetivo" (r_a)

Textos


Poetrix (Di_versos - sem títulos)


Já andei mais arretada
quando paro e penso:
- Muita calma estraga?

*

Na saudade exacerbada
sozinha no frio
com o veneno

*

Nas tramas odiosas
- se eu fosse pó -
ao amargo, eu nunca serei...

*

Lágrimas na boca
nos olhos a interrogação
um quebra-cabeças

*

genética é tudo
olho no olho
qualquer clone é phoda.

Rosangela_Aliberti
Atibaia, jul/2011

(foto de origem desconhecida)

Rosangela Aliberti
Enviado por Rosangela Aliberti em 07/08/2011
Alterado em 16/01/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras